Cupcake de Batata Doce

Pois é minha gente, batata doce!

Inspirada pelos pães com raízes (mandioca, inhame e cenoura – confere aqui) que andei fazendo, e contando com a sincronicidade, acabei por me deparar com uma receita de cupcake de batata doce.

Analisando a receita já imaginei que poderia ficar bom, pois os pães que levam raízes ficam bem mais macios e húmidos. Com o bolo deveria ser mais ou menos assim. Até porque tem um bolo de chocolate que faço que leva abobrinha na massa e fica uma delícia!!

Então hoje resolvi testar e aprovei! Sempre gostei de experimentar coisas novas (influência paterna), mesmo que algumas vezes não seja tão bom quanto eu espero, mas acho que sempre vale experimentar o novo! Me lembro até hoje de uma viagem que fizemos para o nordeste. Estávamos numa sorveteria, e com aquela infinidade de sabores exóticos, eu (bem criança), vou e peço uma bola de chocolate e uma de flocos. Meu pai me chama a atenção e eu reflito e percebo que ele tinha razão. Na viagem seguinte, já mais velha, vou e peço um suco de tamarindo. Detestei! Mas pelo menos eu já sei que gosto tem tamarindo 😛 Mas na grande maioria das vezes eu gosto bastante dos sabores diferentes que me arrisco a experimentar!

E por que batata doce? Bom, quem nunca ouviu o trava língua do doce mais doce que o doce de batata doce? O único doce de batata doce que eu comi era de um restaurante em Piracicaba – SP, e gostei bastante. Com isso na memória, achei que seria uma boa pedida para um cupcake.

É claro que o bolinho não ficou com o mesmo gosto do doce, mas ficou bem interessante. A massa ficou húmida, como eu esperava e apesar de densa antes de assar, ao comer ficou super leve na boca. A cobertura de cream cheese com nozes dá o toque final, e a noz moscada na massa deixa um sabor marcante.
Adorei e recomendo para quem quer “fugir do padrão”!

ImageImage

Advertisements

Cookies de chocolate e nozes

Desde 2010 que faço esses cookies. São tão maravilhosos que ainda não me atrevi a testar outra receita! Meus clientes sempre adoraram e  foi com a venda de cookies e cupcakes, além de outros bicos, que consegui juntar dinheiro para viajar e conhecer meu futuro esposo.

Além do mais é um dos poucos que leva aveia na massa, o que já deixa a gente com menos peso na consciência de comer muitos, pois honestamente, eu não consigo comer um só. Ainda mais quando acabo de tirar do forno. São IR-RE-SIS-TÍ-VEIS!!!!

Mas quando você compra eles não vêm quentinhos certo? Então é só por para aquecer uns segundinhos no microondas e pronto, vocês vão entender o que eu estou falando!

Eu em todo caso sou suspeita pois já falei da minha paixão por gotas de chocolate.

 

P1140873

Ficou curiosa(o)? Quer provar? Liga pra gente: 41-9101-9586 🙂

“A” cobertura!

A semana que passou eu tive a oportunidade de presentear uma amiga com um dos meus bolos!

Escolhemos o bolo de prestígio e só…

E lá fui eu à caça de uma receita de prestígio. Mas não encontrei nenhuma “completa”, como eu tinha em mente. Então fui pegando uma coisinha de cada lado! Eu queria uma massa de cacau, um recheio com coco fresco e uma cobertura leve.

Como esse bolo eu tive a oportunidade de provar, e digo que gostei bastante do resultado. Mas para um bolo prestígio, acho que ainda dá para melhorar! A massa ficou da cor que eu queria, bem escura, contrastando com o branco do recheio, mas achei ela um pouco pesada. Uma massa mais leve teria ficado mais saboroso. O recheio ficou gostoso, não muito doce, mas ainda testaria umas outras opções antes.
O melhor disso tudo para mim foi a cobertura! Há tempos eu queria testar o tal do “buttercream de merengue suiço de chocolate”, que encontrei aqui: http://www.cupcakeando.com.br/receitas/buttercream-de-merengue-suico/

O que me fez querer testar essa cobertura foi a cor e a textura que aparentava ter. A cor me lembrava um bolo de padaria que eu comia quando era criança. Fiquei super curiosa! Como nossas memórias de criança ficam tão marcadas! 🙂

Mas o resultado me surpreendeu! Que maravilha de cobertura! Adorei ela para confeitar e o sabor então, INCRÍVEL!!!!
Tanto que o que sobrou, uma parte eu congelei para testar e a outra estou comendo às colheradas  😡

Finalmente, as fotos do bolo! Só faltou uma foto da fatia, que na empolgação da festa, esqueci de tirar 😦

P1140846 P1140850

E já sabem, com desejo de um bolo que lembre sua infância, é só falar com a gente!

Doutora dos Bolos na TV

Para aqueles que acompanham nossa página no facebook já devem ter visto a Doutora dos Bolos na TV UP no Programa da Marta Costa.

Aproveito para contar aqui os “bastidores” e a história dessa gravação.

Em 2010, quando comecei a fazer cookies e cupcakes, foi graças a Loja Efeito em Umuarama-PR  que me abriu as portas para vender os cupcakes lá. Mas, mudança vai, mudança vem, em Junho de 2010 me mudei para Portugal e voltei este ano. Mas para Curitiba-PR. Como meus pais ainda moram em Umuarama, eu aproveitei uma ocasião especial para fazer um “remember” de como tudo começou e na semana do dia 23 a 28 de setembro, levei meus cupcakes novamente na Loja Efeito.
Numa daquelas deliciosas surpresas da vida, o pessoal do Programa da Marta Costa entra em contato comigo perguntando se eu gostaria de participar do programa ensinando os telespectadores a fazer cupcakes.

Achei a oportunidade o máximo! Mas ao mesmo tempo fiquei morrendo de vergonha! Só que eu adoro experimentar uma coisa nova, então topei logo a ideia!  É claro que logo vem na cabeça: “e se o cupcake não der certo? e se a cobertura não der o ponto?” Então eu escolhi uma receita que já tinha feito milhares de vezes e sabia que funcionaria mesmo se eu tivesse um branco e esquece de algum passo importante.  Por isso, quem quiser testar, pode fazer tranquilamente que essa receita funciona!

A sorte é que o programa não era ao vivo, porque a gente fica nervosa e fala cada besteira! Mas foi muito divertido e só tenho a agradecer a TV UP e ao Programa Marta Costa por essa oportunidade incrível! Muito obrigada!

Parte 1

Parte 2

Parte 3 

Aproveito aqui para fazer uma correção da receita que saiu errado no vídeo. Para a cobertura de manteiga, vai 1 xícara e meia de açúcar de confeiteiro e 1/2 xícara de manteiga sem sal amolecida. Essas são as medidas certas.

Bons cupcakes 😉

Bolo de fubá

Sempre gostei de bolo de fubá, mas não era uma fã assim sabe. Mas meu esposo adora bolo de fubá e quando morávamos em Portugal, comer um bolo de fubá com café tinha um gosto enorme de Brasil! Então depois que me casei foi quando mais fiz bolos de fubá! Até o bolo de aniversário dele o pedido foi para o fubá. Mas lá eu não acertava o bolo. Sempre ficava meio embatumado! Não sei se era  o óleo, ou o fubá, o fato é que ele crescia lindo e maravilhoso, ficava douradinho, mas quando eu desligava o forno, pluft, murchava todo!! Ficava desanimada…

Agora que voltamos para o Brasil fui testar e ainda deu uma abaixada, mas nem se compara! O que fiz ontem ficou extremamente leve, fofinho, sequinho, o melhor de todos os tempos! E o toque suave das sementinhas de erva doce é sensacional!

Image

E viva o tradicional bolo de fubá, com um café fresquinho para reunir os amigos, a família, e passar deliciosos momentos de convívio (como se diz em Portugal)! 

Image

O bolo de piscina

Depois que fiz o bolo de rosas, minha tia pediu para eu fazer um bolo para o aniversário da minha prima. Como estávamos em cidades diferentes, o chantilly do bolo de rosas estava fora de questão. Então sugeria a ela uma cobertura de pasta de açúcar ou pasta americana. 

Aprendi a trabalhar com a pasta de açúcar em Portugal e adorava a que eles tinham por lá. 

Estes foram meus bolos dos workshops que participei: 

ImageImage

 

Mas agora pelo Brasil, depois de muito pesquisar sobre importação, descobri que seria inviável continuar trabalhando com esta pasta. Então resolvi fazer a minha própria pasta e ver como seria. 

Escolhi um bolo que acho muito saboroso e adoro a combinação: bolo de noz fingida com recheio de nozes (de verdade 😛 ) e doce de leite. Consegui montar 3 camadas de recheio e no final, com tudo pronto o peso passou dos 2,5 kg. 

Como a cor favorita da minha prima é azul, resolvi fazer um tom sobre tom para ter um efeito legal. Quando minha prima viu o bolo, logo o chamou de bolo de piscina, e assim ficou! Vejam o resultado:Image

Agora é só aprimorar a confecção da pasta, pois como podem ver na foto, ficaram alguns pontinhos brancos devido a cristalização do açúcar. Mas adorei a textura da pasta e o sabor de baunilha também ficou bem interessante. 

Vale a pena experimentar! Encomende o seu 😉

 

Muffin com gotas de chocolate meio amargo

Ontem resolvi testar uma receita de muffin com gotas de chocolate.

Pela receita parecia sem graça, mas tenho testado receitas mais “leves”, pois aí posso oferecer ao pequeno, e meu esposo prefere assim também.

Mas quando senti o cheirinho dos muffins saindo do forno, me segurei para não comer um antes do almoço.
Mantive-os no forno (para o chocolate não endurecer) e logo tivemos nossa sobremesa.

OMG!!! Na hora me veio um insight: sou apaixonada por gotas de chocolate! ahahhaha

E então tudo fez sentido. Entendi porque não conseguia parar de comer cookies quando fazia em casa, ainda mais quando acabavam de sair do forno. Tudo por causa das gotas de chocolate derretendo…

Como não posso oferecer a todos, fiquem com uma foto para terem uma ideia do que estou falando!

E se morarem em Curitiba, é só encomendar!

Image